Pesquisar este blog

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Não Há Histórias


Não há histórias, não existem motivos pra dizer adeus, hoje o dia parece bem limpo para uma nova briga. Na noite passada as palavras foram ásperas e não foram feitas de açúcar, entenda onde eu quis chegar. Não há mais tanta dor como antes, não há tanta expectativas, minha vida não é mais uma festa, mas não é por isso que irei me sentir morto. não há pedras para serem chutadas, eu estive aqui nos últimos dez anos tentando dizendo o que milhões precisaram ouvir, não sei sobre o amanhã, não posso mostrar aquilo que já não sou mais, a dor passou e restaram cicatrizes. Não há novas histórias e não vou contar outras velhas, as águas deste rio passaram, os dias me envelheceram. Não há caminhos que me levem a paz dentro desta vida que deixou de ser tão incrível.
Muitos esperaram as respostas para algumas palavras que deixem por aqui, estou bem, eu consegui mudar aquilo que parecia impossível, me odiando ou não eu deixei as flores que plantei morrerem pelo caminho.

Written By: Karrike Bongiovi
02/02/17 - 12:19 p.m
Postar um comentário