Pesquisar este blog

sábado, 19 de dezembro de 2015

Era uma manhã de sábado


Era uma manhã de sábado e tudo que eu desejava era continuar dentro daquele sonho ou que você estivesse aqui vivendo esses momentos de prazer e loucura. Era um dia comum, mas você estava em tudo, você estava no meu melhor olhar no sorriso que nunca brota dos meus lábios. Era uma manhã de sábado e tudo que eu queria era você aqui deitada desta cama vivendo esse sonho junto a mim.

Written By: Karrike Bongiovi 
19/12/2015 - 13:10 (Sab)

Bruno e Marrone - 24 Horas de Amor

LF



Ei dai se nada é para agora? Desenhe o seu melhor sorriso sem se importar com os gritos ou críticas, ninguém irá te segurar quando você colorir o mundo. E dai se te chamam de feio ou não gostam da sua foto? Você é bonito sendo que você é, sei que algumas vezes você quer mandar tudo se fuder, mas tenha calma tudo vai passar e você vai ser um grande cara dentro deste cara grande. E dai se você não pode se expressar e se as coisas parecem ser chatas, tudo vai mudar, tudo vai se encaixar no seu melhor e nas projeções e linhas que seus lápis delinham os rostos que você reproduz. E dai se te criticam e vigiam teus passos, ninguém pode mudar a sua mente, seu destino e aquilo que faz a revolução dentro de você. Desenhe o mundo, apague as magoas, borre as más lembranças e molde sua vida agora.


Written By: Karrike Bongiovi 
18/12/2015- 21:32 (Sex)

Sete Anos


Eu nem lembro quando foi a ultima vez que escrevi para você, hoje Marte cruzou a Terra e foi por isso que lembrei da Garota de Marte, o tempo fez tudo se transformar em nada, nem lembranças temos um do outro, nem seu nome não sai da minha boca, mas tudo bem seguimos em mundos diferentes, já nem lembro os porquês, já nem sei o que dizer sobre algo que pouco lembro, tudo passou rápido nestes sete anos eu mudei tudo, sabe eu tive um filho e deixei você sair para que outra pessoa me fizesse feliz e da mesma forma você fez.


Written By: Karrike Bongiovi 
18/12/2015- 22:09 (Sex)
Richie Sambora - Seven Years Gone

O Melhor Abraço do Mundo


Me avisa quando você chegar, me avisa quando estiver vindo que estarei de braços e coração aberto para você. Me avisa quando chegar perto que irei correndo até você com um sorriso e um punhado de estrelas entre as mãos. Meu amor então me avisa quando você vier e diz se é de avião, carro ou a pé, se é de cavalo, caminhão ou ônibus que eu vou receber o melhor abraço do mundo que é o seu.


Written By: Karrike Bongiovi 
18/12/2015- 20:28 (Sex)

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Já passou das 23 horas


Já passou das 23 horas de segunda e você não ligou, a cama continua com um lado vazio e a saudade devora meus sentidos, difícil dormir sem noticias suas, você e sua mania de dormir rápido, ainda estou aqui com os olhos abertos, limpando a casa na esperança de você aparecer e trazer uma nova chama para essa fogueira sem brasa que se chama solidão. Já passou da hora do telefonema e o dia sem ele parece vazio, mesmo na correria, mesmo na loucura e no vai e vem sempre fica faltando algo que brilha vindo de você. Já passa das 23 horas vou dormir e esperar mais um dia algo que se renova a cada amanhecer.


Written By: Karrike Bongiovi 
- 14/12/2015- 23:12 (Seg)

domingo, 6 de dezembro de 2015

Eu sendo este novo homem eu posso simplesmente partir


Hoje levantei tarde e fui viver um destino diferente, liguei algumas vezes ontem a noite, mas como sempre o silencio fez parte de tudo, então resolvi viver algo diferente, resolvi chamar minha solidão e conversar com ela, o dia não está tão maravilhoso, mas não há mentiras ou outras conversas confusas que se foda tudo eu vou sair daqui e não vou mais voltar, não vou mais ficar mendigando amor e escutando respostas sem som, eu mereço ser feliz e não um saco de pancadas, eu tomei um banho com água santa e enquanto você se confunde eu vivo o meu melhor e você é tão cego que nem notou que eu sendo este novo homem eu posso simplesmente partir e não mais olhar para trás. 

Nunca antes havia


Nunca antes havia vivido um momento tão cheio de nadas, nunca antes tinha tentado gritado sem voz, nunca antes havia doído como nesses últimos meses, a vida consumiu a essência e o cansaço se misturou com o desânimo. Nunca antes havia visto tanta desolação e devastação numa alma tão rica e cheia de luz, algo está apagando, tudo que um dia foi colorido, está cinza e sujo. Nunca havia sentido tanta solidão, as horas parecem dias e é preciso cruzar algumas pontes que o rio secou em baixo. Nunca havia percebido que as rugas e lamentações eram tão presentes no espelho e escorrem pelos olhos em forma de lagrimas pesadas. Nunca havia percebido que nada já não  tão importante como sempre se mostrou ser.


Written By: Karrike Bongiovi 
03/12/2015 - 18:44 (Qui)

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

O que sou hoje


Caminho cruzando a cidade buscando algo desconhecido, mas eu continuo sozinho, não há nada para compartilhar, os rostos são borrados nos meus olhos e na casa apenas vejo luz quando abro a geladeira, e me pergunto por que? O que fiz de errado pra viver sozinho, muito antes de tudo isso eu tinha amigos e rinha uma garota incrível, tudo se foi, talvez seja meus dentes amarelados ou seja que eu não seja tão belo para os olhos das pessoas que a cercam. Caminho cruzando os dias, cruzando dores e vivendo um amor por telefone, estou em mudanças, mas ninguém se propõe a mudar junto, vivo no meio do silêncio
 e de um sutil desprezo, cruzo as calçada voltando para casa, com um terço nas mãos e uma esperança no peito, se nada dura para sempre está na hora de mudar algo que me espreme como uma barata e me faz se sentir pequeno, falta calor nos alimentos , falta fé e um pouco de sensibilidade para enxergar que sou um ser humano comum e não o herói que brilha na minha tatuagem. Estou cruzando uma fronteira, buscando no amor próprio a chave que irá abrir todos as portas, agora quem sabe algo surja, que os ventos mudem, não sou tão feio e nem tão velho assim para viver novas experiências e uma nova vida.


Written By: Karrike Bongiovi 
03/12/2015- 12:23 (Qui)
Grey Room - Damien Rice

Domingos Vazios


Caminhar sozinho em meio a uma multidão, se sentir jogado como um brinquedo velho e pouco lembrado, eu olhava pro mar e queria ir junto com as ondas, eu quis partir de todas as formas mesmo estando com o coração partido. Eu estive nas rosas, na missa, na rua da sua casa, eu estive nas mudanças do dia a dia, estive vagando por ai esperando um abraço e encontrei sábados e domingos vazios, encontrei conversas confusas, só não encontrei você, e eu que apenas quero você perto, não adianta você não se importa.

Written By: Karrike Bongiovi 02/12/2015- 14:46(Qua)

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

O Entregador de Rosas


Ele mandou rosas para o seu amor, ele demorou a entrega-las, ela já havia perdido a esperança de ele mudar e ele foi lá secretamente com rosas,lagrimas, sorrisos e o coração nas mãos para deixar um pedaço de amor que ele sente. Ele entregou um cartão com palavras sobre mudança, na verdade ele caminhou a cidade inteira exibindo as rosas que deixaria no seu local de trabalho, ela se assustou, ele saiu em silêncio com um sorriso no rosto e a esperança de dias melhores e mais vibrantes como o vermelho daquelas rosas. Ele foi o entregador de rosas, ele caminhou por quarteirões com o coração batendo como um tambor e valeu a pena, ela ficou feliz, mesmo com atraso ela ficou feliz.
Written By: Karrike Bongiovi 
27/11/2015 - 17:13 (Sex)


Dormindo ao Telefone


Nós dormimos juntos mesmo estando quilômetros distantes. Nós acreditamos nas mesmas possibilidades, você do seu jeito calada e eu da minha forma apaixonada de acreditar que tudo vai dar certo. Nós estamos recomeçando, uma nova visão do mesmo amor, estamos livres do medo e da ignorância, sinto se te machuquei, estou com um pedido de perdão estampado tatuado na minha alma e pele, não ha ninguém alem de você. Nós estamos dormindo juntos pelo telefone e nos amando pela respiração e orações, vamos viver esse amor da nossa melhor forma, não importa o que há depois daquela porta ou das línguas maldosas. Nós recomeçamos algo que nunca acabou, nossos corações nunca desistirão, amo você no lugar mais verdadeiro que existe em mim.

Written By: Karrike Bongiovi 
26/11/2015- 0:58 (Qui)

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Para Val Lira


Um dia eu acordei e você ja não estava mais aqui, você ja não estava ao redor de tudo,,os dias ficaram cinzas e eu ja não contava as horas, você faz parte do meu coração e de tudo que me cerca, você se foi por erros imperdoáveis, mas você  não desistiu de mim, você preencheu todos os vazios, você me tirou do fundo do poço e trouxe esperança e mudança e eu amo você de uma forma pura e verdadeira, com você eu sinto a vida fluir, você vai voltar no seu tempo, do seu modo, você irá me manter protegido no seu colo,  e viveremos o nosso melhor, seremos para sempre.


Written By: Karrike Bongiovi 
17/11/2015 - 22:59 (Ter)

Capital Inicial e Seu Jorge Vai e Vem 

Dias de Saudade


Saudade, ela escorre pelos olhos e me despe. Saudade, estamos tão perto e longe ao mesmo tempo, e agora onde estamos? 
Saudade, estou aprendendo a lidar com a dor e com as alegrias, tudo é novo e ja somos personagens diferentes vivendo um amor único cultivando novas histórias. Saudade, algo que se renova com o amor, os dias nos castigam, as horas nos matam e meses se passam, já esta mais do que na hora de vivenciar um abraço, estamos juntos em meio a uma cidade que nos divide, estamos prontos. Saudade, hoje o dia será curto para ela.

Written By: Karrike Bongiovi 
18/11/2015 - 11:59 a.m (Qua)

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Liçao


Eu não posso conserta o ontem, mas ainda sou capaz de mudar e seguir em frente, bem certo que existe arranhões, diferente de mim você nunca disse que me amava, mas seus atos provaram isso e me mostraram que eu estava cego  a muito tempo envolvido na arrogância e ilusões, eu não posso apagar essas marcas e não tenho o direito de pedir que você me aceite da mesma forma, mas deixei de fumar despi, eu vi que me faltava amor próprio e falta de autoestima, as luzes do desprezo e a solidão me mostraram o quando errado estive, mas todos precisam de uma segunda chance e preciso de uma pra ser feliz com você.

Written By: Karrike Bongiovi  08/11/2015 19:30 (Dom)

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Clara


Nos últimos 11 meses, eu vivi o pior período da minha vida, eu quase morri varias vezes, e você fez parte disso, você destruiu meus natais e finais de ano, me fez esperar, mesmo sabendo que não voltaria pra me dizer alguma coisa, você deixou alguém que faria tudo por você por causa de medo, por ignorância e por maldade mesmo, o que você posta nas suas redes sociais não é o que você tem dentro de você, você foi cruel, por você era aquele momento o que eu tinha pra me segurar numa vida tão difícil, você poderia ter mudado tudo, mas não você me apagou, meu jogou no fundo do poço, quantas vezes eu rezei pra você aparecer, quantas vezes me senti desconfortável dentro do meu corpo, sufocado vendo você ser feliz e eu esperando você como um idiota, mas isso não importa e fui apenas um copo descartável, você conseguiu seu objetivo que é dominar e depois enjoar do briquedo velho, escrevi com letras gigantes do seu caderno de decepções o meu nome e pode sorrir, cuidado quando fuderem teu coração, eu não estarei lá pra te ajudar, e o que você vai fazer com o orgulho, já que você diz que não o tem, você me excluiu das suas mídias sociais, talvez porque você não saiba ouvir a verdade ou foi por nojo, quantas vezes precisando de alguém no meio de uma grande solidão eu te enviei mensagens que você viu e nunca respondeu, se coloque no meu lugar, sua indiferença me matou varias vezes, estive em coma e na agonia eu chamava deu nome, mas ninguém sabia quem era você. Hoje eu não sinto alegria nas coisas, mas eu continuo mantendo bem minha autoestima e continuo de pé, por existe dentro de mim algo que ninguém vai tirar que é dedicação e amor. Seja feliz agora.

Written By: Karrike Bongiovi 
02/09/2015- 16:23


Ascendo


Você esqueceu de tudo que te ensinei, você desprezou todas as tentativas e agora você se joga em abismos pensando que antes de você tocar o chão terá minha mão para te resgatar, nessa vez não, meu coração na sua mão se tornou um copo descartável, mas não importa, eu sei me reciclar, sei dar a volta por cima, enquanto você se degrada eu ascendo, e agora estou no melhor lugar do mundo, estou com os pés na liberdade, não preciso dizer aquilo que você por tanto tempo esperou, porque hoje estou livre e você imersa em um mar de ilusões e auto piedade, agora eu aceno e sigo em frente.

Written By: Karrike Bongiovi 
25/09/2015 - 22:01 (Ter)

Últimos Passos


Esperar a morte num quarto escuro e tão comum quanto viver, as horas não passam, os dias se arrastem e nada muda, a cegueira é presente, faltam o cigarro, o calor e você. Enquanto eu te reconstruía você me destruiu por dentro, hoje espero a morte, sozinho eu me abandonei, meu rosto envelheceu, a depressão fez companhia e a fraqueza entortou as minhas pernas, estou morrendo aos poucos, sem incomodar ninguém, sem buscar alternativas. Esperar a morte numa casa doente com um coração aos cacos hoje estou vazio.

Written By: Karrike Bongiovi 
10/09/2015 -  (Qui💕)

Despedida


Não há o que dizer, não há nada a acrescentar, estou partindo deixando o peso que carrego por esses anos de dor e tristeza. Não há palavras, as lágrimas já secaram e viraram sal no meu rosto, pra quê perdão ou absolvição? Já não há volta, de tanto tentar chegou o dia da despedida. Eu falhei como ser humano, deixei você escapar entre os dedos, mas aquele laço vermelho que entrelaça nossas vidas ainda me segura forte a essa existência vazia de calor. Não há o que dizer e só dizer adeus, aceitar a despedida e ir embora.

Written By: Karrike Bongiovi 
04/09/2015 - 16:54 (Sex)

Oasis - Sunday Morning Call

Coração em Solidão


Meu coração está com medo, a solidão de expandiu pelos dias que teimam em nascerem. Eu não vejo as manhãs porque o Sol ofusca meus olhos inchados, fogo e tempestades, sonhos e lágrimas num período onde senti o peso da minha idade, aquele garoto que contemplava seus heróis já não existe mais, não existe o que sobrou foi a saudade e solidão.

Written By: Karrike Bongiovi 
29/06/2015- 21:46 (Seg)

Abstinência


Fica difícil não lembrar de você, no meio desta abstinência já senti todas as sensações e já disse todas as injúrias, estou tentando me erguer, tentando aceitar que eu não posso fazer parte do seu mundo colorido, mas as vezes a ausência pesa, os dias se arrastam e eu tenho acreditar que você vai dizer algo pra mim, é inútil acreditar, você está tão feliz e eu não posso estragar seus sonhos e a sua vida mesmo que eu me destrua por isso. É difícil te sentir morrendo dentro de tudo que eu acreditava, sou tão bobo que irei esperar você até o ultimo dia, talvez eu morra sentindo isso, mas vou levar você dentro da minha cabeça. Fica difícil viver num mundo tão silencioso, mas eu preciso continuar, preciso continuar a viver, quem sabe um dia você reaparece com rosas no cabelo e de braços abertos.
Written By: Karrike Bongiovi 
26/07/2015 - 17:24 (Dom)

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Você não é humana suficiente pra suportar.


Se você estiver lendo saiba que eu consegui superar aquilo que você deixou em mim, foram as mesmas noites doloridas que um dia você viveu porque algum idiota te deixou pelo caminho. Se você estiver lendo isso saiba que eu não sinto raiva de você e que não liguei porque você me excluiu das suas redes sociais, eu fiz a minha parte, eu te ajudei nos momentos difíceis, eu nunca te contei nada e nunca te machuquei e mesmo destruído por você, eu amei você com um força que ninguém irá fazer, ninguém nunca soube, e em muitas horas eu quis morrer, muitas vezes eu chorei por um segundo de sua atenção, mas você ignorou quase todas as minhas mensagens, eu não havia notado que eu já não era seu brinquedo favorito, eu não havia sentindo tanto desprezo de alguém que geralmente me pedia pra esperar. Hoje com as feridas cicatrizadas eu vejo o quanto eu fui verdadeiro, o quanto esse super homem faz sentindo no meu braço, eu amo você, mas e dai isso não vai mudar o fato de um dia alguém como eu ter ficado preso as suas teias, alegre-se você conseguiu fazer seu papel, você conseguiu mandar como você adora, você conseguiu alguém que você pode destacar nos seu livrinho de erros. Se você estiver lendo isso, você sabe bem mais de orgulho do que os outros, você conheço o silêncio que destrói as pessoas que te estendem a mão, e infelizmente você vai me levar por muito tempo, porque eu acreditei na coisa mais sagrada que um ser pode sentir por outro o amor. Se você estiver lendo isso obrigado por ter acendido um luz e apagado a minha vida, mas a chama silenciosa que aquece esse meu coração, essa chama jamais apagará. Se você ler isso espero que ninguém retribua o que você me fez, você não é humana suficiente pra suportar.


Written By: Karrike Bongiovi 
09/08/2015- 21:29 (Dom)

Sentimento Dormente


É uma madrugada de sábado para domingo e lá está você pensando em mim e vou sentindo toda essa dor, deve ser difícil para você sentir minha falta estando com o outro do seu lado e de repente vou vai chorar no banheiro e fica se olhando no espelho buscando razões e histórias que hipoteticamente poderíamos estar vivendo, mas você sabe que estou aqui de peito aberto esperando seu sinal, mesmo que exista tanto silencio e um sentimento dormente, vou anda me matando todos os dias e em toda vez que pensa em mim. O escuro do quarto cria projeções dentro da sua cabeça, sei o quando é complicado sair da zona de conforto, mas enquanto houver vida pra viver sempre haverá esperança, pode fingir que me odeia, pode apagar todas as mensagens e todas as fotos, não adianta estou em você num canto onde nem você e nem ninguém pode tirar.

Written By: Karrike Bongiovi 05/07/2015- 01:04 (Dom)

Você não é lixo,


Você não é lixo, sua cabeça pode girar mais que as rotações da terra, nada vai superar sua vontade de vencer, idiotas destruíram seu coração e eles não saem da sua mente e começa tudo, ainda doí e você chora, uns falam de bem e outros de mal e você encurralada num canto com sua magoa silenciosa. Você não é lixo, você é bela, um furacão, busque forças, seja corajosa como sempre foi, você não pode voltar pros 14, mas pode seguir em frente por há uma vida em frente a você.


Written By: Karrike Bongiovi 
26/08/2015 - 01:46 (Qua)
Biquini Cavadão - quanto tempo demora um mês

sábado, 27 de junho de 2015

A Calçada


A rua, os carros e na calçada duas pessoas estranhas, você caminha ao meu encontro e nos poucos segundos que antecedem o encontro tudo vem a tona e agora falar ou seguir em frente? Não sei o que pensa já que não tenho o que dizer mesmo guardando milhões de coisas absurdas e surreais pra dividir, estou num passo lento e você vem vindo ao lado de pessoas que sorriem pro nada, estamos tão perto e na memória, tão distantes e estranhos, você ainda não me viu, o coração disparou, a pupila dilatou e a boca secou, são poucos milésimos de segundos que nos separam, que tal um abraço, um olhar distante ou simplesmente ignorar, estou tão perto e meus olhos se enchem, não, eu não vou chorou, não vou gritar, estamos frente a frente e agora? O que fazer? Minhas pernas tremem e as mãos também e agora o mundo ficou em silêncio, sem sirenes de ambulâncias, sem turbinas de avião, apenas você, eu e o pequeno espaço e as centenas de coisas que queremos dividir neste momento onde nós nos perdemos, este é o momento de consertarmos nossos corações ou de estraga-los para sempre, o momento de do ficar ou partir, e agora? A história nunca terá um fim porque o laço que nos une é de todas as vidas que vivemos juntos, porque eu sei esperar se não for nessa quem sabe em outras, quem sabe um dia em outras calçadas num futuro próximo nas voltas que o mundo dá. O amor está no espaço entre o tempo e as lembranças, entre a oração e o infinito, entre os segundos que nos separam nesta calçada de ilusões que criamos nos amando continuamente.

Written By: Karrike Bongiovi 25/06/2015- 20:55 (Qui)

Perfect Memory - Remy Zero

O Fantasma


Preciso expulsar esse fantasma que destrói o meu sono e pertuba a minha vida, preciso pôr para fora tudo de ruim que deixaram dentro do meu coração, mas até Deus está contra mim, eu preciso vencer este inimigo invisível e volta a minha vida normal, já passou o ódio, já passou a mágoa e se passaram alguns poucos anos e tudo ficou estagnado na minha alma, o rio não flui, até os santos e anjos fugiram porque não suportaram minhas dores, preciso recuperar a minha saúde e seguir em frente, eu ando trombando entre os cigarros e as tardes em que acordo, assim eu vou morrer sem expulsar o que tanto dilacera os melhores dias que não consigo viver.


Written By: Karrike Bongiovi 
26/06/2015- 0:39 (Sex)

Amanhã


Amanhã será um dia melhor, a esperança pulsa no meu peito cansado, mas eu acredito nesta nova forma que a vida se apresenta, ainda consigo distinguir o melhor tom de azul no céu, porque amanhã o novo ressurge sobre os cacos do dia anterior. O Sol invade a sala e ofusca as dificuldades e em meio a tantas coisas fúteis que veem a minha cabeça em um momento a paz vem me visitar num amanhã cheio de glória e paciência, estou debaixo deste céu que se encontra com mar e quando as ondas quebram ma praia elas levam todos os "ontens" evidenciam o presente e preparam o melhor amanhã que posso viver.

Written By: Karrike Bongiovi 
25/06/2015- 20:37 (Qui)

domingo, 7 de junho de 2015

Laço


Já passa das 3 da manhã e você não me deixa dormir, você e seus pensamentos sobre uma vida que você teve medo de construir, pode ser bobagem minha, mas esse laço que nos une parece enrolar mais nossas almas, eu daria tudo pra esquecer, daria graças ao céus se eu conseguisse seguir sem este sentimento que não me deixa dormir. Somos estranhos vivendo dentro de pensamentos conhecidos, talvez se não for nesta vida quem sabe possa ser em outra porque o amor atravessa fronteiras e eu acredito que um dia tudo mude, acredito num instante de sorte, acredito que um dia eu possa dormir em paz junto a você e todas as coisas que guardei para esse momento.


Written By: Karrike Bongiovi  
07/06/2015 - 03:25 a.m (Dom)

Remy Zero- Shatteredd

O Som do Trovão


Você escuta o som do trovão e logo estou ali, você toma sua cerveja e logo você lembra de todas as coisas que deixamos suspensas. Eu sei que te falta algo, eu sinto quando você pensa em mim. A distância mudou muita coisa, mas ainda posso ver através do seu melhor pensamento. O relâmpago ilumina sua sala e você escuta a minha voz através do som do trovão. Desprotegida você chora, mas já faz tanto tempo que partir que esqueci como se diz seu nome, algum dia tudo irá se resolver ou quem saber aquilo que ninguém espera pode acontecer, apenas o som do trovão dirá.


Written By: Karrike Bongiovi 
04/06/2015- 22:07 (Qui)

Som do Trovão

E se eu tivesse ficado com você?


E se eu tivesse ficado com você? Talvez o mundo não fosse tão inóspito, quem sabe algumas gotas de realidade nos fizessem pessoas mais sorridentes e menos estupidas. 
E se eu tivesse ficado com você? Quem sabe onde tudo teria se degradado, se as possíveis verdades teriam vindo a tona, quem sabe. 
E se eu tivesse ficado com você? Não seriamos tão sem graça e sem assunto, fizemos tudo certo num momento errado, talvez tenha sido melhor assim. E se eu tivesse ficado com você? Hoje eu estaria contando outras histórias e viveria em outro mundo.


Written By: Karrike Bongiovi 
06/05/2015- 22:17 (Ter)

Val


Pra quê tanta tristeza? Se o que te deixa mais bonita é o seu sorriso, pra quê ouvir o que sai de outras bocas?Se você tem uma força que mexe com o mundo. Você aperta tantas coisas que te dão prazer, você luta todos os dias com aquelas pessoas que tentam apagar sua chama, então me diz pra quê guardar magoas ou coisas que o passado já apagou? Você é bem maior, pra quê perder o sono? Por quê não vim aqui? Você não pode querer dormir na cama da sala ou chorar sozinha. Quando você se propõe ajudar você não mede nem tempo e nem espaço. Você está sorrindo e o som ecoa pelos quatro cantos dessas paredes e pelo caminho que te contempla, você duvida, você reclama,odeia caminhar e cria bolhas nos pés, mas não perde a sua essência e aquilo que enche os olhos e desliza para o coração,agora a tristeza passou, agora você pode sorrir.

Written By: Karrike Bongiovi 
18/05/2015- 0:39 (Seg)

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Estamos juntos


Estamos juntos nestas constelações, estaremos juntos no vento que sobra para o Sul. Onde chegaremos eu não sei, mas eu revivo no frescor da sua juventude. Estamos juntos nas ondas que quebram na praia e estaremos aqui para ver o pôr do Sol.  Sim é verdade passamos um tempo dividindo o tempo com outras pessoas e nos reencontramos no topo desta roda gigante. Estamos de mãos dadas pelas calçadas da cidade, sorrindo, amando e sendo o que sempre fomos bons amantes. Estamos por diversos lugares no meio da multidão que nos conduz, estaremos bem daqui a um minuto , até amanhã e para sempre.


Written By: Karrike Bongiovi 
28/04/2015 - 22:10

Fomos esquecidos


Fomos esquecidos porque nunca fomos lembrados, foram tantas promessas e sonhos em vão, destruímos tantas madrugadas, então ficamos nas dúvidas e deixamos outras paixões nos contaminarem, você não conseguiu me dominar e eu não consegui curar suas feridas, agora somos estranhos e não esperamos as mensagens que nos ligavam porque foi por elas que nos desligamos e passamos a não sermos mais nada apenas algo que ninguém nunca vai lembrar.

Written By: Karrike Bongiovi

22/03/2015- 21:22 (Seg)

J


Seu sorriso esta diferente, mas você ainda pega fogo. Sinto falta de ter você por perto, sinto falta do telefone público e da chuva. Mesmo sendo escondido e nossos times diferentes algo nos liga e essa estranha ligação nos movimenta pela tela do computador. Nos vivemos num lugar secreto onde ninguém pode entrar, porque somos o pinguim, somos o desejo contido num longo espaço de tempo, somos a cama que derrete em chamas. Você está no meu sonho, mas últimas memorias felizes e discrepantes da minha vida, você está nos anos que ficamos em silêncio e você está presente aqui no meio das lembranças que nunca poderei esquecer.


Written By: Karrike Bongiovi 
12/03/2015 -01:22 (Qui)

domingo, 19 de abril de 2015

Ele Sumiu


Ele sumiu, sumiu porque queria melhorar, porque queria deixar a vida mais leve, ele sumiu porque ali já havia se esgotado suas possibilidades e a única coisa a fazer seria borrar seu rosto no quadro e partir. Ele sumiu, sim ele se foi e não deixou rastro e nem saudade. Ele partiu porque já havia cumprido sua missão, ele deixou as cartas e poemas sobre a mesa, ele seguiu sua vida retilínea, já não fazia sentindo sentir aquele sofrimento e apego sem calor, sem reprocidade, ele deixou pra trás uma existência, algo que deveria ter vivido e não viveu. Ele sumiu e buscou um novo sorriso, buscou novas histórias, aquela solidão que ele vivia por trás da tela do celular se moldou real quando ele se levantou para o mundo, quando ele mudou o foco. Ele sumiu e muito mudou, aquela interdependência se extinguiu, não houve sentimento porque a muito havia um esquecimento natural, ele deixou de ser o brinquedo favorito e ele jamais faria seu jogo predileto que é mandar e dominar, ele escapou entre seus dedos e carimbou uma certeza na seu livro de erros, mas ele quebrou as algemas. Ele sumiu e talvez não volte, hoje o tempo cobriu as feridas, o tempo apagou a história que ninguém viu, ficaram coisas boas, ficaram promessas bobas, mas ele sumiu e ninguém notou, ele se retirou da festa, se fechou em sua casca, ele notou que algumas estrelas ainda tem seu brilho mesmo depois de extintas mas só isso. Ele sumiu e com ele morreu algo que parecia invencível, algo que trouxe prazer e desespero. Ele sumiu porque ele sabia que havia consertado alguém que o destruiu. Ele chorou pelas madrugadas, bebeu na fonte da solidão, ele gastou suas melhores palavras, ele inúmeras vezes foi instigado a não desistir desse amor de plástico e silêncio, mas nunca era a sua hora, nunca foi sua vez, até ele entender que nunca foi nada. Ele se foi numa manhã de Janeiro, partiu sem dizer nada, sabendo que nunca venceria algo tão grande e tão perfeito, essa foi a hora onde ele se despiu e entrou no mar, então ele se foi sem culpa, sem ódio e sem nada.


Written By: Karrike Bongiovi 
29/03/2015-0:43(Dom)

christina perri a thousand years

segunda-feira, 2 de março de 2015

Ruas Vazias


São ruas vazias, tudo escuro onde renasço, me jogo num mundo em cores, mas onde ficaram os arco-íris? Deus sobrou no meu ouvido novidades e tudo passou como um furacão, sobraram alguns resquícios, estou de volta. São ruas onde pessoas se confraternizam, onde se encontram e pra mim esse é o momento porque foi da escuridão que vejo essa luz que brilha nos meus olhos, foi do silencio que ecoou o som do trovão. São ruas que me levam pra casa, me levam a lugares onde jamais fui, me levam ao impossível.
Written By: Karrike Bongiovi 
09/02/2015- 21:25 (Seg)

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Proximo Encontro


Você voltou de uma forma simples como se nada houvesse acontecido, esqueça o passado você disse, mas eu só havia guardado lembranças boas como o pinguim e nossos times favoritos. Você voltou mais nunca fomos apagados das imagens do Google e permanecemos ali nas camas onde nos enrolamos junto com os lençóis, a vida mudou os anos se passaram rapidamente mudamos e em algum lugar ficaram as lembranças, os momentos inesquecíveis, os pecados e erros que fizemos questão de esquecer, bem agora estamos aqui sorrindo se reencontrando, não há mais o medo, nem o velho telefone público, sobrou você, eu e um próximo encontro.


Written By: Karrike Bongiovi 
11/01/2015 - 02:53 a.m (Dom)

Estupido Amor


Estupido amor que desbota com o tempo que descasca os muros e cheira o lodo e mofo. Estupido amor que destrói sentimentos, que escurece a visão e vicia o corpo e pertuba a mente. Estupidas frases que o amor propõem em momentos certos e que com o derradeiro tempo nos enojam, ruborizam a face desmorona o sorriso. Estupido amor que insiste em ficar e não sai e quando no último apelo morre mais e fere como um bala na carne, o estupido se olho no espelho e propõe a si próprio não mais errar, retorna a estupidez e se apaixona novamente.


Written By: Karrike Bongiovi 
27/01/2015- 23:22 (Ter)

Alegria


A alegria chegou num final de tarde onde o Sol se escondia e a noite chegava, hoje foi um dia especial, tão linda e mais madura nós podemos sorrir enquanto a lua iluminava o mar, o abraço foi sincero e as horas e dias passados já não importavam mais, estivemos ad escuras buscando novos ares, experimentando novos sabores. A alegria chegou tão repentinamente, sem duvidas, sem outros pecados e os medos ficaram do outro lado da porta, estamos no momento certo porque tivemos tempo de limpar nossos corações, vem chega mais perto e entende logo o quanto eu te amo. A alegria chegou quando nada esperávamos, quando as possibilidades eram quase nulas, agora é a hora de dizer tudo bem vamos viver o que temos a viver.


Written By: Karrike Bongiovi 
12/01/2015- 0:19 (Seg)

Erros Bobos


Seguir sem este sentimento é bem difícil, mas não penso em voltar atrás, estive tão cheio de solidão que por muitas vezes tropecei em erros bobos e no final das contas o preço foi alto. Seguir de coração limpo e enxugar lágrimas foram partes difíceis, mas o tempo passa rápido e logo não haverá nem mais resquícios destes anos que me cegaram. Seguir sem precisar lembrar foi desesperador, mas a muito tempo que havia sido quebradas todas as promessas e agora eu vejo o fogo incinerar as palavras e as páginas deste velho sentimento que caducou pelas inúmeras vezes que tentei ser alguém feliz para pessoas infelizes que veem no domínio uma forma melhor de ferir. Seguir em frente foi difícil, mas estou bem melhor do que ontem.


Written By: Karrike Bongiovi 
08/01/2015- 03:36 (Qui)

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Entre essas paredes


A cama está vazio, o quarto vazio de calor, falta aquele sorriso espontâneo que vem do nada, aqui tudo está em silencio, o cachorro não corre pelo beco, a chuva não cai, o ventilador não funciona, sem você aqui o macarrão instantâneo não tem gosto e não vejo nada alem da péssima imagem da TV, falta um abraço, uma mão sobre o pecado, o sono pesado e a noite que se mistura entre a conversa e o devaneio. A cama está preenchida apenas por um lado, mas o cheiro ainda está nos lençóis, falta suas mãos e seu olhar que acende a escuridão deste quarto escuro, mas ainda permanecemos aqui.


Written By: Karrike Bongiovi 
07/01/2015- 23:04 (Qua)

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Elas Disseram


Ela disse eu quero ficar. Ela disse um só pra sempre. Ela disse estou indo embora. Ela disse me espera pra sempre. Ela disse estou grávida. Ela disse eu te amo. Ela disse te odeio. Ela disse eu quero fazer amor com você. Ela disse esse é o nosso lugar no mundo. Ela disse disse adeus. Ela disse vamos casar. Ela disse não posso ficar junto, não é a hora certa. Ela disse seu coração é o meu lar. Ela disse, você é um louco. Ela disse chega. Ela disse ninguém nunca saberá. Ela disse obrigado. Ela disse volta sempre que quiser. Ela disse que ia até o fim. Ela disse feliz ano novo.


Written By: Karrike Bongiovi 
03/01/2015 - 01:41 (Sab)

Parabéns e Adeus


Parabéns, a vida tem seus rituais de passagem, hoje você cruzou mais um, que o tempo seja generoso com você, que as portas e os sinais sempre estejam aberto, que a felicidade sempre permaneça firme em seus lábios, você é daquelas pessoas fodonas que lutam, que acordam cedo e que contestam o mundo e não param. Torço para que você vença etapas, que se dorme, que dance a luz do lua, sempre estarei aqui olhando para você e desejando que você tenham a melhor existência que se pode viver, agradeço pelas oportunidades, agradeço por momentos únicos, esse é meu presente, ele não tem laço e nem surpresa, são simples palavras como tantas outras que você me permitiu escrever e compartilhar com o mundo, que você tenha saúde, paz e sucesso, que você se case, tenha seus filhos, tenha a sua Catarina, desejo que você esqueça o passado e enxugue essas lágrimas e siga em frente, sempre estarei aqui do lado de fora vendo suas vitórias e se algum dia você precisar estou por aqui pra te ajudar, se sinta feliz, que Deus te abençoe sempre e que os anjos digam amém.

Written By: Karrike Bongiovi
03/01/2015 - 21:59

Existe


Existe essa marca na minha pele, existe este panorama de possibilidades, eu costumo fazer o errado e pra inverter os polos, inverter quem eu sou,  as coisas se tornam possíveis e o certo cruza a porta. Existe um gosto suave de novos ares, menos drama e mais realidade, então segue firme o caminho e se conduz pelas marcas na pele um novo rio que corre sem secar.

Written By: Karrike Bongiovi 
02/01/2015- 14:38 (Sex)

2015 O ano que tudo mudou


Será que foi apenas um sonho ou um milhão de pessoas chamavam o meu nome? Algo mudou e é tão fácil entender a vida parte das areias da praia para os lençóis que enrolam os amantes, tanta coisa esta ai para se transformar, estamos aqui e sorrisos são essenciais. Estou partindo de peito aberto e a vida explode em varias tons e se alimenta de luta e fé, há algo além do nascer do Sol. Esse é o momento onde tudo mudou, essa é a hora que se levanta um herói, estou vivo e cheguei até aqui. 2015 o ano que tudo mudou.


Written By: Karrike Bongiovi 
01/01/2015 - 23:31 (Qui)

Cegueira


Grande bobagem eu fiz, eu amava você e tenha certeza que eu faria qualquer coisa pra te fazer feliz, mas você me retribuiu destruindo o resto de amor e paz que ainda restavam dentro de mim, você arrasou o meu natal e o resto dos anos que fiquei te esperando, talvez tenho sido uma fase, talvez eu tenha sido mais uma paixão descartável como as outras que eu vi você viver esses últimos tempos, e em todo esse período eu fui me sentindo alguém vazio, assistindo e desperdiçando pessoas boas que queriam estar ao meu lado e por sua causa e a minha cegueira deixei pelo caminho da mesma forma que você me deixou, porque você nunca encontrou a hora certa de me encaixar na sua vida, porque você não sabe se resolver, porque você pisa em quem te ama, apenas porque um idiota te pisou, eu não tinha culpa, se você não queria, se você não estava disposta a ficar então por que me tirou o resto de dignidade que eu guardava para uma ocasião melhor? Eu cansei de esperar, me senti um idiota, eu chorei sozinho e nada adiantou, eu deixei de ser o brinquedo da vez a muito tempo. Obrigado por ter arrasado esses últimos anos, e por favor continue assim mostre o quanto você não é, aqui existe um ser humano e não um copo descartável.

Written By: Karrike Bongiovi 
26/12/2014- 13:21 (Sex)