Pesquisar este blog

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Clara


Nos últimos 11 meses, eu vivi o pior período da minha vida, eu quase morri varias vezes, e você fez parte disso, você destruiu meus natais e finais de ano, me fez esperar, mesmo sabendo que não voltaria pra me dizer alguma coisa, você deixou alguém que faria tudo por você por causa de medo, por ignorância e por maldade mesmo, o que você posta nas suas redes sociais não é o que você tem dentro de você, você foi cruel, por você era aquele momento o que eu tinha pra me segurar numa vida tão difícil, você poderia ter mudado tudo, mas não você me apagou, meu jogou no fundo do poço, quantas vezes eu rezei pra você aparecer, quantas vezes me senti desconfortável dentro do meu corpo, sufocado vendo você ser feliz e eu esperando você como um idiota, mas isso não importa e fui apenas um copo descartável, você conseguiu seu objetivo que é dominar e depois enjoar do briquedo velho, escrevi com letras gigantes do seu caderno de decepções o meu nome e pode sorrir, cuidado quando fuderem teu coração, eu não estarei lá pra te ajudar, e o que você vai fazer com o orgulho, já que você diz que não o tem, você me excluiu das suas mídias sociais, talvez porque você não saiba ouvir a verdade ou foi por nojo, quantas vezes precisando de alguém no meio de uma grande solidão eu te enviei mensagens que você viu e nunca respondeu, se coloque no meu lugar, sua indiferença me matou varias vezes, estive em coma e na agonia eu chamava deu nome, mas ninguém sabia quem era você. Hoje eu não sinto alegria nas coisas, mas eu continuo mantendo bem minha autoestima e continuo de pé, por existe dentro de mim algo que ninguém vai tirar que é dedicação e amor. Seja feliz agora.

Written By: Karrike Bongiovi 
02/09/2015- 16:23


Ascendo


Você esqueceu de tudo que te ensinei, você desprezou todas as tentativas e agora você se joga em abismos pensando que antes de você tocar o chão terá minha mão para te resgatar, nessa vez não, meu coração na sua mão se tornou um copo descartável, mas não importa, eu sei me reciclar, sei dar a volta por cima, enquanto você se degrada eu ascendo, e agora estou no melhor lugar do mundo, estou com os pés na liberdade, não preciso dizer aquilo que você por tanto tempo esperou, porque hoje estou livre e você imersa em um mar de ilusões e auto piedade, agora eu aceno e sigo em frente.

Written By: Karrike Bongiovi 
25/09/2015 - 22:01 (Ter)

Últimos Passos


Esperar a morte num quarto escuro e tão comum quanto viver, as horas não passam, os dias se arrastem e nada muda, a cegueira é presente, faltam o cigarro, o calor e você. Enquanto eu te reconstruía você me destruiu por dentro, hoje espero a morte, sozinho eu me abandonei, meu rosto envelheceu, a depressão fez companhia e a fraqueza entortou as minhas pernas, estou morrendo aos poucos, sem incomodar ninguém, sem buscar alternativas. Esperar a morte numa casa doente com um coração aos cacos hoje estou vazio.

Written By: Karrike Bongiovi 
10/09/2015 -  (Qui💕)

Despedida


Não há o que dizer, não há nada a acrescentar, estou partindo deixando o peso que carrego por esses anos de dor e tristeza. Não há palavras, as lágrimas já secaram e viraram sal no meu rosto, pra quê perdão ou absolvição? Já não há volta, de tanto tentar chegou o dia da despedida. Eu falhei como ser humano, deixei você escapar entre os dedos, mas aquele laço vermelho que entrelaça nossas vidas ainda me segura forte a essa existência vazia de calor. Não há o que dizer e só dizer adeus, aceitar a despedida e ir embora.

Written By: Karrike Bongiovi 
04/09/2015 - 16:54 (Sex)

Oasis - Sunday Morning Call

Coração em Solidão


Meu coração está com medo, a solidão de expandiu pelos dias que teimam em nascerem. Eu não vejo as manhãs porque o Sol ofusca meus olhos inchados, fogo e tempestades, sonhos e lágrimas num período onde senti o peso da minha idade, aquele garoto que contemplava seus heróis já não existe mais, não existe o que sobrou foi a saudade e solidão.

Written By: Karrike Bongiovi 
29/06/2015- 21:46 (Seg)

Abstinência


Fica difícil não lembrar de você, no meio desta abstinência já senti todas as sensações e já disse todas as injúrias, estou tentando me erguer, tentando aceitar que eu não posso fazer parte do seu mundo colorido, mas as vezes a ausência pesa, os dias se arrastam e eu tenho acreditar que você vai dizer algo pra mim, é inútil acreditar, você está tão feliz e eu não posso estragar seus sonhos e a sua vida mesmo que eu me destrua por isso. É difícil te sentir morrendo dentro de tudo que eu acreditava, sou tão bobo que irei esperar você até o ultimo dia, talvez eu morra sentindo isso, mas vou levar você dentro da minha cabeça. Fica difícil viver num mundo tão silencioso, mas eu preciso continuar, preciso continuar a viver, quem sabe um dia você reaparece com rosas no cabelo e de braços abertos.
Written By: Karrike Bongiovi 
26/07/2015 - 17:24 (Dom)