Pesquisar este blog

sábado, 30 de outubro de 2010

Joel e Clementine


Você não pode ter me esquecido, porque ainda existe um pedaço de você aqui dentro da minha alma, ai você vem e me pergunta se tudo valeu a pena e se foi fácil esquecer, você não pode deitar sem se lembrar de tudo que fizemos, erramos e acertamos, então me me venha com esse seu jeito de que não está nem ai, você sofre no mesmo silêncio que eu vivo, me escondendo de sentimentos simples, vivendo sozinho, porque alguns romances não vingam.
Você pode mudar de nome, pode mudar de cidade, mas não pode se curar desse sentimento que embrulha seu estômago, eu esperei um sinal que nunca veio, então eu precisei esquecer, antes que a dor me levasse, você não sentiu a solidão que vivi nestes últimos tempos, amei outras pessoas, tentei mudar, mas as coisas que me perturbavam a cabeça nunca desapareceram, nem sempre as manhã vem com sorrisos, nem sempre as noites frias enxugam as lágrimas, nem sempre a bebida cura e entorpece a alma, parece que existe um guindaste nas minhas costas, você não pode ter esquecido, você sabe que eu não me mexo dormindo, você sempre irá odiar pelo cigarro e pelos anos que eu destruí vivendo ao seu lado, teria sido mais fácil eu ter ido embora antes de você, eu não consigo esquecer que a culpa da sua vida ser algo estranho é culpa dos meus erros, então eu apague esse sonho e acalmei meu coração e segui em frente, mas sempre irá existir as lembranças, sempre haverá o mar para eu lembrar de você, então me deixe chorar, deixar eu quebrar esses copos e garrafas, mas não deixe eu odiar você.


Written by: Karrike Bongiovi
30/10/2010 16:26
(Sab)
video

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Desistir Nunca


Caminhe nesta estrada de pedras, viva como se não houvesse um lar para voltar, seja o cego pedindo trocados na esquina, perceba o mundo miserável ao seu redor e não reclame, deixe de ser estúpido com a sua namorada, divida o pouco que você tem , não despreze seu irmão do lado só porque você o acha inferior a você, um dia você pode precisar dele, caminhe numa estrada de desilusões, aprenda que é bem mais fácil se sentir triste do que tentar a vida inteira ser alegre e nunca conseguir, ame seu próximo, dê bom dia a todos, não odeie que te feriu, algumas vezes as pessoas se acham no direito de esquecer você, suma quando você não puder suportar as dores, vá embora quando todos te incomodam, tente brilhar sem querer que os outros vejam, nem todos os dias você irá vencer, então aprenda a perder, costure seus lábios, preserve seu coração das pessoas idiotas, chore bem longe das pessoas que te derrotam, cumpra seu papel, não viva atrás de quem só te maltrata, tome juízo, segure suas oportunidades, tente e se não dê certo tente de novo, você não tem nada a perder, construa bases solidas, se prenda a alicerces de concreto, viva sem se preocupar com o passado porque ele já era, sabia das consequências do seus atos, mas não deixe o mundo te condenar, só você pode encontrar seu centro, sua paz.
Caminhe sobre sua dignidade e deixe o orgulho e a inveja para quem se alimenta dela, deixe as mentiras de lado, viva cada dia com se fosse o primeiro, não se mate por causas inúteis, não ache que a muito tempo para viver, a vida é como o fogo na cabeça de um fósforo, caminhe bem pra longe, mas saiba porque está caminhado, esse é o dia da sua mudança, aquilo que o mundo deseja de você, mas deseja mais e faça do seu jeito, porque ninguém pode viver dentro dos suas expectativas e decisões, seja forte como um diamante e flexível como um liga, aprenda a viver vivendo e nunca desista.

Written By: Karrike Bongiovi
29/10/2010 - 17:47
(Sex) 

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Ela se foi

Ela se foi e não levou nada
Nem sequer deixou um adeus
E se volta não sei dizer
Ela só queria alguém que entendesse seus sonhos
Que dissesse palavras fáceis
Que nunca lhe trouxesse dor
Vai saber pelas ruas que a vida não é tão simples
Quando anoitecer a solidão ninguém domina...
Um novo amanhecer
Um dia pra começar
E tudo que viveu
Ninguém mais vai saber
Se acaso se perder
Ninguém vai se importar
E quando ela chorar
Ninguém mais vai saber
Ela nunca percebeu
Que o tempo não pára
Que a vida é muito rara
E não vale a pena se entregar por aí
Ela só queria alguém
Que entendesse seus sonhos
Que dissesse palavras fáceis
Que nunca lhe trouxesse dor
Dessa vez não há nada que eu possa fazer
Certas escolhas não têm volta...
Um novo amanhecer
Um dia pra começar
E tudo que viveu
Ninguém mais vai saber
Se acaso se perder
Ninguém vai se importar
E quando ela chorar
Ninguém mais vai saber
Dizem que a dor faz a gente pensar
Dizem que o amor faz a gente mudar...

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Nós Dois


Não existe motivo certo, eu apenas acordo pela manhã e sinto você, não há motivo para que eu escute a música que você mandou para mim na rádio ou no meio do nada você atenta o telefone sem saber que era eu. Amo você.
Não há motivo para tanta insegurança, estou com você, vivendo dias de espera e esperando que você não suma nas férias, não existe um motivo certo para explicar o que sinto aqui dentro, apenas posso dizer que em meio a toda essa solidão existe você enchendo meus olhos e fazendo meu coração bater bem mais forte.
Não há motivo para dizer o contrario, existe algo esperando por nós, eu amo você e isso é um motivo certo, existiam milhões de pessoas e oportunidades e a gente se encontrou de um jeito diferente, eu tinha um outro rosto na foto, mas você entendeu que o meu sorriso real era mais bonito do que o da foto, por isso agradeço a você.
Não há motivo para acreditar nas palavras dos outros, nós estamos juntos e é isso que importa, passamos por tantas coisas até chegar aqui, existe rosas nas minhas mãos para você, existe este motivo que me conduz até você, existe amor.

Written By: Karrike Bongiovi
20/10/2010 - 14:07
(Qua)
video

terça-feira, 19 de outubro de 2010

A Tristeza da Garota de Marte


De que adianta tentar esquecer aquilo que tanto te fere ou quem sabe aquilo que você tanto deseja, você não precisa encher a cara de álcool, você não precisa por culpa só porque trocou de trabalho, existe uma distância dolorosa, mas já era tempo de você ter esquecido.
Isso que te sufoca é o mesmo sentimento que me constrangem quando eu olho em outros olhos e tento dizer um "eu te amo", sei lá parece que existe uma dor permanente, uma culpa que não se apaga nas noites perdidas ou nas bebedeiras e lágrimas que despejamos sobre os travesseiros, eu quero curar o seu coração, mas sabe esse jogo silencioso parece matar qualquer coisa, destrói todas as outras chances de sermos felizes, quando você senta naquela mesa de bar e a chuva cai você sabe que eu deveria está ali para curar suas mágoas, curar suas culpas e enxugar as lágrimas.
De que adianta tentar levantar seu astral, mesmo você me ligando e dizendo que tudo está bem eu conheço o tom de dor na sua voz, mesmo neste mundo diferente e distante eu conheço seus complexos e sei onde dói em você, eu quero poder dizer isso olhando dentro dos seus olhos, porque eu já não me sinto culpado, existe algo renovado em mim, e se minha missão for tirar você desta tristeza escondida, eu estaria ai para você, nem que seja a última coisa que eu faça na vida.

Written By: Karrike Bongiovi
19/10/2010 - 23:23
(Ter)
video

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Como o Sol do meio dia


Flores no seu cabelo, sua pele reflete o Sol do meio dia, existe algo no seu sorriso que me deixa mais vivo, cura as minhas dores e me confunde, eu poderia viver neste sonho durante toda a vida, seu olhar selvagem me manter vivo dentro de casulo.
Não existe maldade que abone sua delicadeza, existe um momento de paz quando abraço você, assim eu posso acreditar numa vida plena, é tão estranho caminhar sem ter você do meu lado porque você já faz parte de tudo que tenho e sou.
Flores pelo seu caminho, seus olhos brilham como o Sol do meio dia, o cupido acertou bem no meu do meu coração e toda a tristeza que me cercava parece não existir mais.
Eu estou aqui para você, sempre haverá um sorriso para você neste meu rosto triste, eu amo você.

Written by: Karrike Bongiovi
13/10/2010 - 23:59
(Qua)

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Prefiro o Filme do Pelé (Queiroga)




Você quer matar o mundo, mas é mais fácil a gente rir do que chorar, sua ignorância é doce.
Cara você é meio certo, mas no final você na passa de alguém gente boa
Aquelas pessoas que você encontra na vida e nunca esquece.
Com você todos assistiriam o filme do Pelé ou comprariam uma Colt 45.
Você procura as garotas e esquece de falar com elas, assim é a gente que quer te matar.
Você fuma charutos de mentira, alegra o ambiente, você parece querer matar todo mundo, mas você faz as pessoas sorrirem , até mesmo quando você fala sério, você realmente é um palhaço, mas na boa, você é um cara muito gente boa.

Wriiten By: Karrike Bongiovi
12/10/2010 - 0:43
(Ter)

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Ultimamente prefiro o silêncio


Eu ultimamente prefiro o silêncio, a vida está um tédio, depois de tanto trabalho, não sobrou muita coisa boa pra contar, coisas foram quebradas, eu prefiro ficar em silêncio, muito álcool e cigarros, eu prefiro esquecer onde eu perdi o foco, eu estou falando a verdade, mas as palavras saem erradas da minha boca.
Ultimamente eu prefiro me esquecer, olhar o mundo atrás deste óculos escuro, o que é um momento de tribulação, se a minha vida vem presa ao pé de um furação, este caos continuo parece me alimentar.
Ultimamente muita gente vem me falando que eu marquei suas vidas, mas essas pessoas marcaram a minha pele, eu estou correndo num labirinto de possibilidades certas e ando vivendo errando, perdi a razão quando deixei de acreditar.
Prefiro o silêncio, morrendo e renascendo a cada instante, estou sangrando, isso não é mais dor é alguma coisa que me viciou e eu me acostumei.

Written By: Karrike Bongiovi
11/10/2010 - 23:04
(Seg)

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

O Desistir de um Sonho


Você sabe o que é desistir de um sonho?
Você sabe o que é sentir uma lágrima de dor caindo do seu rosto?
Todas as palavras se perderam em meio a todas as covardias e mentiras sem sentindo.
Eu preciso realmente mudar, mas mudar não basta, eu preciso deixar de vê o mundo como se fosse um parque de diversões.
Você sabe o que dormi para um belo sonho e acordar em um pesadelo.
Tudo que havia sido desejado, toda a luta, cada passo e suor que derramei, foram em vão, a vida sempre me mostrou seus altos e baixos, estou triste, mas ainda sou um vencedor, não há nada que me impeça de construir um novo sonho e viver um novo dia.

Written By: Karrike Bongiovi
04/10/2010 - 22:27
(Seg)

sábado, 2 de outubro de 2010

Tantas Mudanças


Tantas coisas ficaram para trás, tantas pessoas sumiram, hoje eu sinto um perdão silencioso, a vida traz surpresas, quando se menos espera a vida muda, é um segundo que muda uma vida inteira, eu estou de malas prontas para uma nova vida, faltava um sinal e ele veio.
Tantas coisas ficaram sem sentido, aquele desejo indomável apenas sumiu sem fazer alarde, e essa fera que maltratava meu coração se amassou, estou curando de uma doença sem cura, estou perdendo as cicatrizes, cruzando a linha para uma vida nova e cheia de duvidas.
Tantas coisas ficaram apenas no papel, pessoas foram sendo esquecidas, eu estou bem deixando algo que me partiu partir.
Tantas lembranças deste mural que se chama vida, estou vivenciando algo novo, algo que somente eu sinto. Eu serei o que nunca esperam de mim, tantas mudanças que apenas vou vivendo e sendo feliz do meu modo.

Written By: Karrike Bongiovi
02/10/2010 - 0:14
(Sab)